quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Palavras de um formando

    Bom! Este é um blog independente e bem pessoal. Assim, provavelmente eu não tenho muitos leitores assíduos. Amigos com certeza eu tenho! E tem também aqueles leitores que estão longe... que provavelmente eu nem conheço. Mas se vocês lêem, esse texto é para vocês também!
    Lá estavam meus pensamentos de autopiedade! Achando que postar uma desculpa pela pouquíssima presença no blog esse ano seria algo desnecessário. Mas lembrei que possuo amigos. E lembrei também daqueles que, como falei antes, só pelo fato de lerem, entenderem e (para alguns) até comentarem fazem deste autor (eu!) uma pessoa mais feliz.
    Hoje conclui um ciclo em minha vida. Se não fosse pela tamanha felicidade que estou agora, eu poderia chorar! Nem chorar de alegria deu! E cada um tem sua opinião. Para alguns esse ciclo pode ser marcado por amizades, talvez estudo, ou alegrias simplesmente. Para outros por coisas ruins. Para mim, o que marcou foi o autoconhecimento.
    Quero dizer, óbvio, tive minhas alegrias e tristezas. Amizades que serão para sempre. Mas não se compara. No meu 1º ano de ensino médio eu pude descobrir o valor da amizade. Principalmente da amizade. Daquelas pessoas que me deixaram dormir num bosque enquanto a aula andava. Daqueles que me ajudaram a furar fila, que estavam juntos na primeira vez que matei aula! Enfim, muitas outras cenas. E legal perceber que as pessoas que eu conheci naquele ano ainda são meus melhores amigos.
    Já no 2º ano eu descobri muito mais sobre amizade. Meu Deus, se não fossem também os amigos que fiz e que fiquei mais próximo no 2º ano eu não sei o que seria de mim. Mas tiveram outras coisas. Dentre elas, descobri o valor do que é ser humano. De cidadania, dever, verdade. Fiz amigos que eram professores e a estes dirijo todos os meus agradecimentos. Contudo, isso foi só numa parte do ano. Na outra parte foi uma lição demorada. Foi amor!
    Dolorosa lição. Confortável, gostosa lição. Até hoje, a melhor! Recomendo a todos.
    Mas o 3º realmente me emocionou. Com toda a bagagem que eu já tinha, eu aprendi sobre vida! Aprendi o que é viver. Das dificuldades ao lazer. A responsabilidade cobrada, dos sonhos de vida. Ah! Aprendi a beber também!!!!!!! Caipirinha é uma bebida muito boa! E além de tudo. Aprendi a estudar.
    E aqui está a minha desculpa. O estudo intenso que eu não aprendi durante o 1º e o 2º anos eu tive que aprender no 3º. Infelizmente não consegui o tanto para conseguir uma ótima nota em vestibular. Mas aprendi muito. Eu não sabia que podia estudar tanto. De um lado isso é ótimo. De outro, isso me deixou completamente e frio em relação ao meu adorado blog. Aos meus textos.
    Hoje eu conclui esse 3º ano. Tudo o que conquistei continuará. (Aqui ta a emoção com amigos, profesores, família e tudo o mais). Vou me aproximar novamente daqui. E acima de tudo, obrigado por essa experiência, essa oportunidade.
    Eu não seria nada sem ela.

6 comentários:

  1. *-* Thiago. Faço minhas as tuas palavras, a experiência de ensino médio foi indescritível.. Um período mt lindo de nossas vidas onde crescemos e amaduremos em todos os sentidos. Sem contar os amigos de verdade.. QUE FICARÃO PRA SEMPRE. Obrigado por ter feito parte desse momento tão importante na minha vida, de verdade, FOI UM ENORME PRAZER TE CONHECER, OBRIGADA POR TUDO.

    ResponderExcluir
  2. HAHAUHAHA cara, pra mim, que completei meu primeiro ano agora, posso dizer que só comecei a viver quando entrei no Ensino Médio. Acredito que o processo de autoconhecimento é eterno e de alguma forma é descoberto através de experiências e contato com o que vem de fora (amigos), com a melhor novidade que me apareceu (o fato de escrever e ter a ideia estúpida/genial de criar meu blog) mas principalmente com a busca da independência.
    Deixo aqui somente algumas palavras de um iniciando, que estará sempre aprendendo e aproveitando; e grato por ter te conhecido

    ResponderExcluir
  3. CKY Hell! Ótimas palavras cara, realmente expressam bastante do que eu penso hoje quando olho pra trás, só de pensar na raiva que senti em ter sido reprovado naquele primeiro ano, mas se não fosse por isso, tbm teria deixado de conhecer vc, o que seria muito ruim-se vc disser que essa merda aqui é gay, lembra que eu sei onde vc mora-mas falando sério, foi muito legal te conhecer e poder contar com vc como amigo de todas as horas, até pra brigar... Quem diria, hein, Thiago brigão e headbanger... Liferuler total! Enfim cara BHFY e vamos cair dentro!

    ResponderExcluir
  4. Sabe o que mais?
    Você nunca mais vai esquecer. Pode tentar pensar em todos os maus momentos de desesepero e de escrotice do colégio, você só vai conseguir lembrar dos melhores momentos, e das coisas engraçadas pelas quais passamos (dálhe Johnny Depp falido! Amedeh!), você vai sentir saudade, como todos aqui.

    E sim, sinta-se velho. Ás vezes é bom. Pelo menos quando você olha pra trás e ri daquela besteirada que foi nosso ensino médio!

    Ao mesmo tempo, deixe o frio na barriga do que vêm adiante tomar conta. Ás vezes é bom. E não imagine como poderia ter sido se fosse tudo diferente.

    Enfim, shibaribbles à parte, tu e todo o resto, foram parte de tudo isso, gostaria de agradecer, mas também convidá-lo a pular de cabeça em um possível próximo capítulo!

    It´s we rapá!

    ResponderExcluir
  5. Thiiii acheii o texto lindo!literalmente o ensino médio foi uma parte gostosa de nossas vidas e ficará para sempre na memória,e apesar da minha pessoa não ter sido da sua sala foi um enorme prazer me tornar sua amiga e compartilhar momentos alegres com vc e olha que nossos turnos eram diferentes em..rs bom thii agora virão rotinas diferentes,faculdade,trabalho,ou até mesmo pré vestibular novamente,cada um seguirá sua vida seu destino e que 2011 seja um ano repleto de realizações para todos nós e fique sabendo que eu sempre estarei aquii viu pode contar sempre !
    obrigada por ter feito parte do meu ensino médio e te-lo deixado mais colorido !
    beijos Dani

    ResponderExcluir